Pular para o conteúdo

Marielle Franco, presente!

março 16, 2018
Mulher, negra, nascida e criada na favela da Maré, Marielle era socióloga e ativista de direitos humanos. Denunciava os abusos da polícia militar nas incursões nas comunidades cariocas e, em 28 de fevereiro, havia se tornado relatora da comissão na câmara municipal do Rio de Janeiro que acompanhava a atual intervenção na cidade. Tinha sido a quinta vereadora mais votada nas últimas eleições em 2016.
A trajetória ímpar de Marielle foi interrompida de forma brutal na noite da última quarta-feira, 14, quando ela e seu motorista, Anderson Pedro Gomes, foram assassinados a tiros no centro do Rio de Janeiro.
A morte de Marielle chocou o Brasil e o mundo, mobilizou as pessoas para exigir justiça e o fim da violência nas ruas, e, acima de tudo, para pedir uma investigação isenta e criteriosa que identifique e puna os responsáveis. É preciso acabar com a impunidade e com os crimes contra defensores de direitos humanos.
Crítica de um sistema de segurança público que privilegia a violência acima de tudo, a luta de Marielle é a mesma que a nossa. Se o Rio de Janeiro vem sofrendo uma intervenção militar, se negros e negras vem sendo mortos nas comunidades de todo Brasil pelas mãos do Estado, é importante lembrar que, na temática das migrações, o governo tem decretado medidas que tratam o migrante como criminoso, como ameaça. Somos todos vítimas dessa mesma visão que criminaliza os mais pobres, indígenas, mulheres, migrantes, população LGBTT, em situação de rua, ciganos, todos aqueles descritos como “Outro” por quem é maioria nas instâncias de poder
Por entender que a luta por um mundo melhor é uma só, a Rede Espaço Sem Fronteiras condena a morte de Marielle e Anderson e se soma a todas as organizações de direitos humanos que clamam por justiça. Prestamos nossa solidariedade aos familiares das vítimas, aos companheiros e companheiras do PSOL e a todos e todas indignados com esse episódio triste de nossa história. Transformaremos luto em luta.
Red Espacio Sin Fronteras (ESF)
Organizações membros: Fundación Ecumenica de Cuyo (FEC) Pastoral de Migraciones de Neuquen Centro de PromociÓn y Defensa de los Derechos Humanos (CDH) Coordinadora de Abogados del Paraguay , Centro de Direitos Humanos e Cidadania do Imigrante (CDHIC) , Presença da America Latina (PAL), Programa Andino para la Dignidad Humana (PROANDES) Consultoría para los Derechos Humanos y el Desplazamiebto Forzado (CODHES)
Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: